CANAIS INTERATIVOS

Canal HMTJ

09 de junho de 2016

Dia Nacional de Imunização

Vacinação ou imunização ativa acontece quando uma pessoa é estimulada, por ação de uma vacina, a desenvolver uma defesa contra uma doença infecciosa.


Inúmeras doenças podem ser prevenidas por meio de vacinas. Uma dela é a influenza H1N1, que após a pandemia de 2009, acomete várias faixas etárias da população e este ano já realizou a mais recente campanha, porém direcionada a faixas etárias em maior risco.


Nas últimas décadas, o Brasil conseguiu erradicar doenças como a varíola, cujo último caso foi registrado em 1971, e a poliomielite, em 1989. Além disso, entre 2010 e 2014, não foram confirmados casos de rubéola no País. Esse resultado positivo é reflexo da imunização gratuita e em massa promovida desde 1973, quando foi criado o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. Por meio dele, a população brasileira tem acesso a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).


O Dia Nacional da Imunização, comemorado nesta quinta-feira (9), é um lembrete da importância das vacinas.


Controle com rigor o cartão de vacinação de seu filho. E veja algumas dicas:

 

Administração de múltiplas vacinas
A maior parte das vacinas pode ser empregada de forma simultânea e eventualmente em preparação única. Algumas necessitam aplicação em locais e por vias diferentes, braço e coxa, injeção intramuscular e subcutânea. Algumas vacinas não devem ser aplicadas simultaneamente (vacinas orais contra poliomielite e contra febre amarela ou contra cólera).

Doses perdidas de vacina
Caso tenha sido ultrapassado o prazo de aplicação de uma vacina não há necessidade de recomeçar a série inteira da imunização, a dose esquecida deverá ser feita na primeira oportunidade.

 

 


Canais Interativos

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações

(32) 4009-2277
Rua Dr. Dirceu de Andrade, n° 33, Bairro São Mateus,
Juiz de Fora - MG, 36025-140

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR