CANAIS INTERATIVOS

NOTÍCIAS

30 de janeiro de 2017

HMTJ lembra importância do Janeiro Branco com palestra de especialista

Por iniciativa do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), junto com Serviço de Psicologia do HMTJ, o Hospital participou da campanha do Janeiro Branco, cujo objetivo é cuidar da saúde mental e buscar uma vida mais feliz. Uma palestra aberta a todos os colaboradores e acompanhantes de pacientes foi organizada no dia 27 de janeiro, no refeitório da instituição.


A psicóloga do Hospital, Izabella Liguori, apresentou a palestrante convidada para explanar sobre o assunto, Cristiane Schumann, Terapeuta Cognitivo-Comportamental, mestre em Saúde Brasileira pela UFJF, atualmente doutoranda pela mesma área. Izabella lembrou o significado da campanha, que é recente por ainda ser um assunto tabu: a importância de se cuidar da saúde mental. A campanha surgiu em 2014, em Uberlândia e ganhou este nome pela alusão a duas simbologias. O mês de ‘janeiro', por iniciar o ano, e ser a época em que as pessoas tentam se planejar e criar metas, lembrando o ditado "ano novo, vida nova". E ‘branco', como uma alusão ao papel ou a um quadro branco, em que se pode escrever objetivos e ações para saúde mental para o ano todo.


Cristiane Schumann falou também sobre conceitos da campanha, pontuou as doenças mentais mais comuns atualmente, citando causas e acometimento dos transtornos de ansiedade e depressão, lembrando que esta já não é mais a doença que mais incapacita, afetando 1/5 da população. A depressão já foi superada pelos transtornos de ansiedade, que, hoje, afetam cerca de 1/3 da população mundial.


Ela citou os diversos tipos e níveis de transtornos de ansiedade, explicando a diferença entre o Transtorno de Ansiedade Generalizada, o do Estresse Pós Traumático, o de Pânico, Transtorno Fóbico e o TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo). Para a área hospitalar também lembrou que são comuns as fobias de sangue e de agulha. Mas ressaltou que em qualquer caso ou nível em que os transtornos e fobias se apresentem o mais importante é buscar tratamento, visando minimizar os sintomas, melhorar a qualidade de vida e preservar a saúde mental.


A terapeuta deu dicas simples de comportamentos e atitudes que ajudam a cuidar da saúde mental no dia a dia, tornando a rotina mais feliz e saudável. São coisas simples e que devem ser rotineiras como sorrir, elogiar e enviar mensagens positivas para os outros, cultivar o abraço e o carinho e para si, buscar sempre fazer aquilo que gosta. Mostrou como é possível transformar tarefas obrigatórias, tornando-as mais prazerosas. Lavar um banheiro, por exemplo, pode ser feito de ouvindo as músicas preferidas.


O mais importante do Janeiro Branco, porém, é garantir um momento para reflexão sobre ações e atitudes que possam garantir esta saúde mental, se propor e escrever metas alcançáveis para o ano todo, nos diferentes âmbitos da vida: pessoal, social, profissional e espiritual, principalmente.

 

 

 

 

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações

(32) 4009-2277
Rua Dr. Dirceu de Andrade, n° 33, Bairro São Mateus,
Juiz de Fora - MG, 36025-140

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR