CANAIS INTERATIVOS

NOTÍCIAS

17 de setembro de 2016

Orientações visam fazer acompanhantes serem parceiros na assistência de qualidade no HMTJ

Já é uma rotina, no Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ), a equipe se reunir periodicamente com os acompanhantes dos pacientes com o principal objetivo de garantir o bom relacionamento entre usuários e instituição. No programa batizado de "Bate-papo com Acompanhantes", os setores que interagem com este público, Serviço Social, Nutrição e Dietética, Ouvidoria, Recepção Central, Enfermagem e Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) se reúnem com familiares e demais acompanhantes regulares dos pacientes visando mostrar as regras do hospital e tirar dúvidas.


É fundamental que eles compreendam como são as regras e normas da instituição, visando ajudar para que a assistência ao usuário do SUS no HMTJ tenha a qualidade proposta e o resultado esperado para a recuperação dos pacientes. Todos os funcionários que mostram como são as principais atividades e rotinas de seus setores, sempre destacam a importância do papel do acompanhante neste processo.
A Enfermagem, à frente da assistência direta, evidencia que os acompanhantes são "os olhos da assistência e da família neste momento importante do paciente" que é o período de internação. Lembra que é fundamental não manipular equipamentos e instrumentos para não prejudicar doses e intervalos de medicações; mostra como deve ser a manipulação dos pacientes, principalmente os que têm indicação de risco de queda; além do procedimento na hora do banho e especialmente na alta do paciente.


Higienização das mãos também é sempre um tema de destaque nos encontros, lembrando ao acompanhante que ele é peça fundamental no controle de infecções. No "Bate-papo" os funcionários do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar orientam quanto à importância de manter as mãos sempre limpas.


Os setores de Ouvidoria e Recepção Central reforçaram a importância de seguir regras já divulgadas na entrada do paciente como roupas adequadas, uso de sapatos fechados, horários de saída e troca de acompanhantes, além de outras regras que servem para a segurança de todos e a garantia de que o padrão de atendimento seja a melhor acolhida e assistência de qualidade.
Neste encontro também é lembrada a importância aos que podem, de doarem sangue para manter do estoque no Hemominas. As campanhas têm se intensificado atualmente visando garantir níveis em parâmetros de segurança, pois o estoque já foi afetado por feriados, epidemia de dengue e outros fatores. E ninguém sabe quando seu ente querido, ou ele próprio, podem precisar da solidariedade alheia.

 

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações

(32) 4009-2277
Rua Dr. Dirceu de Andrade, n° 33, Bairro São Mateus,
Juiz de Fora - MG, 36025-140

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR