CANAIS INTERATIVOS

NOTÍCIAS

02 de setembro de 2019

Projeto colaborativo evita cerca de 1000 mortes em 18 meses, e 119 hospitais brasileiros

O Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus está entre os 119 hospitais brasileiros que conseguiram evitar quase mil mortes no país em 18 meses, na rede pública. O índice de infecções hospitalares em UTIs nestes hospitais foi reduzido em 33,4% entre janeiro de 2018 e junho de 2019, o que representa 2.888 infecções evitadas e 978 vidas salvas, além de uma economia de R$ 149 milhões ao SUS.


Esses foram os principais impactos do projeto "Saúde em Nossas Mãos" (Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil) é realizado de forma colaborativa entre estas 119 instituições e os hospitais membros do PROADI-SUS (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS): Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês. O projeto está presente em 25 estados brasileiros e o balanço foi apresentado em evento recente realizado no Hospital Israelita Albert Einstein, mostrando os resultados desta etapa.


O projeto Saúde em nossas mãos" visa aumentar a segurança para os pacientes e diminuir as taxas de infecção relacionadas à assistência à saúde. A meta de 30% estipulada para os 18 primeiros meses de projeto foi superada. O projeto é realizado pelo Ministério da Saúde em parceria com hospitais de excelência que fazem parte do Programa e a previsão é que até 2020 seja alcançado 50% de redução da incidência de infecções.
Os resultados individuais por cada tipo de infecção são considerados positivos e acima da média esperada: a infecção primária da corrente sanguínea associada a cateter venoso central (IPCSL), alcançou redução de 41,5%; a pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV), apontou queda de 27,86%, e a infecção do trato urinário associada a cateter vesical (ITU-AC), obteve redução de 47,73%.


"Estes são resultados de grande impacto porque estão salvando muitas vidas e mostram o caminho da mudança de realidade da atenção nas UTIs por todo o País", destacou o secretário do Ministério da Saúde Francisco de Assis Figueiredo.
O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) é financiado com recursos de isenção fiscal, concedida aos hospitais filantrópicos, com excelência reconhecida pelo Ministério da Saúde. O Programa visa promover a melhoria das condições de saúde da população. No novo triênio 2018-2020, o Proadi-SUS conta com aproximadamente 40 projetos sob a gestão da Secretaria de Atenção Especializada à Saúde. Participa ainda do Projeto Colaborativo o Institute for Healthcare Improvement - IHI, que tem como referência a melhor prática de saúde para o paciente, aplicados no mundo inteiro.

 

 

 

 

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações

(32) 4009-2277
Rua Dr. Dirceu de Andrade, n° 33, Bairro São Mateus,
Juiz de Fora - MG, 36025-140

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR


Futuro Comunicacao