CANAIS INTERATIVOS

NOTÍCIAS

20 de fevereiro de 2018

#SOMOSTODOSHMTJ

A relevância do Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus para a rede 100% SUS, hoje, é fato. Não foi à toa que o risco de encerramento do atendimento ganhou as redes sociais nos últimos dias. Em 2017, o HMTJ realizou mais de 75 mil consultas nos ambulatórios clínicos e cirúrgicos em 32 especialidades diferentes; foram mais de 29 mil atendimentos de fisioterapia; cerca de 18 mil exames especializados nas áreas de gastroenterologia, urologia, raios X e ultrassonografia; além de quase 5 mil de endoscopia e colonoscopia. Na Cardiologia, foram cerca de dois mil exames especializados, entre ecocardiografias e testes ergométricos. O resultado de 2017 somou mais de 130 mil procedimentos ambulatoriais realizados exclusivamente para pacientes do SUS, incluindo pequenos procedimentos cirúrgicos. E o HMTJ vai além e cumpre seu papel social, participando de ações de esclarecimento e prevenção da saúde em campanhas como o Dezembro Laranja (em Dermatologia) e Salas de Espera sobre prevenção do câncer de mama, útero e próstata, uso correto de medicamentos, prevenção de infecções e muitas outras.

O suporte como hospital geral ainda contabilizou, em 2017, mais de 11 mil internações de média complexidade, quase 500 de alta complexidade. Além de mais de 14 mil diárias de internação em UTI, sendo mais de 11 mil de UTI Adulto e as demais em UTI neonatal e pediátrica.

Este resultado não se traduz apenas em números. O reconhecimento da população nas redes sociais teve como manifestação principal a qualidade e a humanização do atendimento. Uma assistência diferenciada, realizada por profissionais competentes e comprometidos.

E seu alcance vai além de Juiz de Fora, caso de programas relevantes, em que o Hospital se destaca e merecem capítulos a parte. Um exemplo é o CNRAC, que realiza cirurgias cardíacas em crianças e adultos de qualquer região do Brasil, sem desassistir a região regulada (Sudoeste) com mais de 100 cirurgias cardiopediátricas de sucesso nos últimos dois anos. Outro destaque são as cirurgias minimamente invasivas na área de Ginecologia, realizadas em parceria com o Instituto Crispe, do Rio de Janeiro, que tira da fila de espera do SUS milhares de mulheres na região, todo ano, pacientes de histerectomia, endometriose e outros procedimentos similares.

Um dos poucos hospitais filantrópicos, de ensino e 100% SUS do país com certificação máxima de qualidade pela Organização Nacional de Acreditação (ONA - nível 3), o HMTJ ainda é um dos 120 hospitais (entre mais de 6 mil no país) selecionados para um programa pioneiro de Segurança do Paciente e Controle de Infecção Hospitalar. Toda esta relevância também é reconhecida pelos seus colaboradores, uma força na missão de assistir o usuário do SUS com a excelência que ele merece. A campanha #somostodosHMTJ foi espontânea e ganhou adesão instantânea no facebook e em outras redes sociais. Seu compromisso não é apenas com o próprio emprego, foi confirmado no retorno imediato do atendimento, após a liminar do dia 17 de fevereiro, com a mesma dedicação reconhecida pela população, apostando no futuro e na sua capacidade de fazer diferença.

        

 

 

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações

(32) 4009-2277
Rua Dr. Dirceu de Andrade, n° 33, Bairro São Mateus,
Juiz de Fora - MG, 36025-140

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR